O que é uma tendinite?

Uma tendinite é a inflamação de um tendão que surge usualmente através do excesso de repetições de um mesmo movimento.

A sintomatologia das tendinites pode ser bastante variada, incluindo dor e inchaço (edema) de intensidade variável, bem como graus variados de dificuldade de movimento e diminuição de força muscular.

Como posso tratar uma tendinite?

É uma das patologias mais frequentes no quotidiano de um fisioterapeuta, pois são os profissionais mais indicados e com conhecimentos especializados para poderem tratar este problema tão comum actualmente.

E se já tiver uma tendinite há muito tempo?

Muitos estudos histológicos foram feitos e verificou-se que nas tendinites de longa evolução existem alterações importantes a nível do tecido afectado (colagénio e vascularização) que o tornam incapaz de regenerar. Muitos autores e investigadores afirmam mesmo que estas alterações são ainda mais importantes do que a inflamação propriamente dita e por isso o nome desta patologia devia ser alterado para tendinose.

Quando examinados ao microscópio, tendões de pacientes com tendinopatias crónicas tinham algumas características semelhantes: diminuição da continuidade de colagénio, e que as células típicas do processo inflamatório não estão presentes como seria expectável.

Existem muitas técnicas especializadas que os fisioterapeutas usam para promoverem a revascularização e alterações tecidulares fundamentais para que este tendão se possa reparar.

E posso ajudar com a minha alimentação ou suplementos?

Sim! Podemos consumir alguns alimentos e nutrientes imprescindíveis para ajudar no tratamento:

Primeiro devemos evitar alimentos que alteram o ph sanguíneo e o tornem mais ácido:

Evitar as carnes vermelhas, carne de porco, lácteos, gema de ovo, bebidas gaseificadas, sal, café, queijos. Promovem a formação de ácido araquidónico e acidificação do meio envolvente que promove a inflamação.
Eliminar gorduras sobretudo as Trans – evite comer fritos, fast food e alimentos processados. Use azeite natural virgem extra.
Promova uma alimentação alcanizante e com menos hidratos de carbono Rica em legumes, leguminosas, oleaginosas e frutas.
Reduza os níveis de açucares refinados Os açucares refinados são tóxicos para o organismo e reduzem a sua capacidade de regeneração.
Se fuma reduza ou se conseguir deixe de fumar Fumar reduz a microcirculação dos capilares dentro da circulação afectando o processo de reparação e reabsorção pelos macrófagos

Vitamina C

A  Vitamina C é fundamental para a síntese do colágenio, uma vez que age como coenzima na formação da hidroxiprolina, aminoácido fundamental, responsável pelas propriedades físico-químicas da estrutura do colágeno. A deficiência de vitamina C é comumente associada à falência da cicatrização de feridas. Nestes casos, o processo pode ser interrompido na fase de fibroplasia.

Na loja terapêuticos.pt temos disponível uma vitamina C especial que não torna o meio ácido e por isso é melhor que as tradicionais vitaminas c do mercado.

 

Também podemos consumir alimentos ricos em vitamina C (cítricos, kiwi, framboesa, morangos, mamão). Também podemos colocar um pouco de sumo de limão nas refeições ou utilizá-lo como tempero nas saladas.

Magnésio

Ajuda a criar o colágeno, fundamental para o esqueleto, os tendões e as cartilagens. Pode ser consumido nos alimentos (cacau, verduras de folha verde, banana e sementes).

Na nossa loja temos a forma natural e benéfica de magnésio obtida atráves dos famosos sais de schussler. Através deste sal homeopático consegue obter o magnésio necessário de uma forma equilibrada sem perigos para a saúde como pode acontecer através da toma inadequada de outras formas de magnésio.

Bioflavonóides

Os bioflavonóides ou vitamina P atuam como antioxidantes já que ajudam a vitamina C a manter equilibrados os níveis de colágeno. Podemos encontrá-los nos cítricos, principalmente nas cascas, recomendamos usar a casca de limões e laranjas ecológicas para adicionar em saladas, sobremesas ou batidas. Também as uvas, cerejas, damasco, mamão, etc.

Colagénio Hidrolizado com Magnésio

Para poder potenciar o tratamento pode tomar o nosso colagénio hidrolisado, processado de uma forma especial para que possa ser melhor assimilado. Este colagénio será como tijolos para que o organismo consiga reconstruir o tecido lesado adequadamente e rapidamente. Este é um dos nosso produtos mais requisitados pelos fisioterapeutas.

Bibliografia

Kraushaar BS, Nirschl RP: Tendinosis of the elbow (tennis elbow): clinical features and findings of histological, immunohistochemical, and electron microscopy studies. J Bone Joint Surg (Am) 1999;81(2):269-278

Järvinen M, Jozsa L, Kannus P, et al: Histopathological findings in chronic tendon disorders. Scand J Med Sci Sports 1997;7(2):86-95

Khan KM, Cook JL, Bonar F, et al: Histopathology of common tendinopathies: update and implications for clinical management. Sports Med 1999;27(6):393-408